sexta-feira, 7 de junho de 2013

Viajem Recusada Na Mini-Bus

Olá Pessoal...
Vou vos contar uma situação que se passou comigo no passado dia 29/05/2013...
Bem aqui vai, esse dia estava chuvoso na minha ilha (São Miguel), eu fui acompanhar minha mãe a uma consulta médica no Hospital, após acabar a consulta estivemos à espera da Mini Bus, que demorou mais de meia hora a chegar, talvez por algum atraso, porque depois chegou duas seguidas, pois bem a primeira da frente já se encontrava cheia, e o senhor muito gentil disse para me deslocar para a detrás que também era adaptada para Cadeira De Rodas, e foi isso que fiz, mas a situação foi simplesmente desumana, a viagem foi me recusada pelo condutor que foi simplesmente estúpido, alegando que a cadeira não cabia na Bus porque tinha um senhor dos Arrifes (uma das freguesias da minha ilha) que também tinha uma Cadeira Elétrica e que não cabia, sem sequer se dar ao simples trabalho de vir fazer o teste a ver se cabia ou não na porta e seguiu a sua viagem, e eu mais minha mãe tivemos que seguir a pé para o centro de Ponta Delgada devido a tal situação desnecessária. 

Mas a história não acaba aqui, ao fim da tarde torna-se a repetir com o mesmo condutor, dessa vez alegando que a Bus estava muito cheia, para ir para a detrás e assim fiz, a Bus detrás era conduzida por uma simpática senhora que disse que nunca tinha transportado uma Cadeira, mas que ia ver se conseguia abrir a rampa, abriu a porta detrás, levantou-se do banco do condutor, saiu fora da Bus, e chegando cá atrás deu logo com o jeito de abrir a rampa, entrei perfeitamente com a minha Cadeira, não levei sequer 2 min para fazê-lo e fiz viagem até ao hospital onde desci e novamente a senhora sempre atenciosa.
Mural da história, o tal condutor não quis foi dar-se ao trabalho de se levantar, e mais uma vez senti-me muito discriminada, foi completamente desumano, queria ver se fosse ele a precisar, e alguém lhe fazer tal cena, enervei-me tanto que nem me lembrei de ver a identificação do condutor, mas como tenho pessoas conhecidas nesse emprego, vou fazer de tudo para descobrir e apresentar reclamação.


Estejam há vontade para partilhar essa história...
Somos deficientes motores, mas temos os mesmos direitos que uma pessoa dita normal...

Beijinhos
Ana Martins :)

37 comentários:

  1. Até custa a acreditar. Este condutor tem de ir conduzir carroças de bois...talvez ainda leve uma cornada!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Agora eu pergunto será que até para carroças de bois ele serviria?
      Se a mim que sou ser humano ele tratou dessa maneira, fará um animal...

      Eliminar
  2. Há pessoas para tudo neste mundo. Fico contente por saber que ao menos houve alguém que ajudou-te. Sinceramente, as pessoas esquecem-se que isto pode acontecer-lhes. Só pensam no seu umbigo, nem se dignam a pensar como será para as pessoas com dificuldades motoras.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. São situações que magoam pessoas como eu, sentimo-nos descriminados totalmente :(

      Eliminar
    2. Um individuo com tal comportamento deve ser demitido imediatamente...não é digno de tratar com pessoas....que vá "tratar do gado" dou das batatas. Srs da camar Municipal este Sr é a vergonha dos condutores...e uma vergonha como pessoa...Rua já.

      Eliminar
  3. eu axo k nem carroça d bois serve p ele.eu nem digo o k ele conduzia...k irritançia,isso mexe mesmo mt cmg...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não uma carroça de bois também não serviria, porque se a mim tratou com tal frieza, a um animal tratará muito pior :(

      Eliminar
  4. A carroça de bois servia perfeitamente...boi por boi !

    ResponderEliminar
  5. Pois, e isso foi com uma cadeira de rodas... isso já me aconteceu mas foi com o carrinho de bebé do meu filho. Tinhamos uma consulta no hospital e eu tinha de apanhar a Linhas B da calheta para me deslocar para a consulta, mas ele adormeceu no carrinho e eu estava sozinha. O condutor alegou que não poderia transportar a cadeira aberta na mini bus e eu disse, mas o meu filho está a dormir e não tenho como desmontar a cadeira com ele ao colo. O condutor encolheu os ombros (como quem diz que o problema não era seu) e fechou a porta da mini bus para seguir viagem...

    ResponderEliminar
  6. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar
  7. Também já ouvi algumas histórias com carrinhos de bebés, é simplesmente desumano....

    ResponderEliminar
  8. infelizmente a alguns condutores de mini bus que parece estarem a fazer um "frete". deviam seguir os exemplos dessa senhora motorista em que também ja viajei varias vezes e sempre foi simpatica atenciosa e cuidadosa no mini bus, ao contrario de outros antipaticos, arrogantes e alguns ate andam como o mini autocarro como se fosse carro de rallyes...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Felizmente ainda há gente boa nessa mundo, porque se não fosse essa senhora teria de vir novamente (a pé)...

      Eliminar
  9. Isso é inadmissível! Na minha opinião deve denunciar essa situação à Direção Regional da Segurança Social. Esta direção ficou com as competências da antiga DRIO (Direção Regional da Igualdade de Oportunidades).

    Estou num iPad e não estou a conseguir aceder ao site, mas tente acederpreencha o formulário em http://www.srtssweb.azores.gov.pt/drio/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Senhora Maria, agradeço a sua atenção, mas não estou a conseguir entrar no link do site que me passou... :/

      Eliminar
    2. Ana vou saber se houve alguma alteração no local a apresentar a denuncia.

      Mal tenha novidades digo-lhe :-)

      Eliminar
    3. Ana enviei-lhe mensagem com informações.

      Eliminar
    4. Senhora Maria, enviou-me a mensagem para onde?
      Favor mande para o meu e-mail
      ana-martins20@hotmail.com
      Beijinhos

      Eliminar
  10. Realmente isto é inadmissível como existem pessoas capazes para isso. São pessoas que não têm coração e não pensam que um dia mais tarde podem estar na mesma situação. Deveria denunciar a situação sem duvida.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Senhora Cidália, já estou a tratar do caso...
      Ando a partilhar essa situação em vários sítios e estou a fazer de tudo para vir a ser divulgado no jornal...
      Obrigada

      Eliminar
  11. Aposto que sei kem é esta senhora ke conduzia a BUS e foi muito gentil e simpatica e mais proficional nessa situação. Por uns ter problemas nao devemos descriminar. nos soms pessoas iguais as outras . nao sei o pk.

    enfim esse senhor do Bus ke fez essa cena consigo sim merece e ser despedido pk nao ker trabalhar , ker é um emprego.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Senhor Pedro a senhora que me transportou chama-se Marlene Cabral, e é uma pessoa 5* =)

      Eliminar
  12. Acho que essas situacçoões têm de ser logo expostas no livro de reclamações, e logo a seguir ás pessoas que resovem estes assuntos, este senhor não pode de modo algum continuar com esta conduta. Ninguém pode ser dercriminado, isto é crime. Isto dá direito a processo disciplinar, se não quer trabalhar, dê o lugar a outro, pois não falta quem queira

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Senhor Paulo, já tratei disso e que disseram foi que iria ser aberto um processo contra o senhor e após isso iria ter um castigo...Vou tentar saber como está esse processo...
      Obrigada (:

      Eliminar
  13. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  14. Esta situação deixou-me com um sentimento de revolta, vejo que a Ana se sentiu impotente perante tamanha atrocidade, identificar esse condutor não é dificil, eles obedecem a uma escala e é dirigir-se aos responsáveis, explanar os factos e pedir o livro de reclamações, pessoas como essa não podem nem devem ter contato com o público, se a vida lhes corre mal, temos pena.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Senhor José, já tratei disso e o que disseram foi que iria ser aberto um processo contra o senhor e após isso iria ter um castigo...
      No dia 13 vou tentar saber como está a desenrolar-se o processo...
      Obrigada...

      Eliminar
  15. Oh que tristeza de ser humano..Somos todos iguais e devemos ser tratados todos da mesma forma..
    beijinhos senhora Ana
    Elisabete correia

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Senhora Elisabete, infelizmente nem todas as pessoas pensam assim...
      Beijinhos
      Obrigada (:

      Eliminar
  16. é o pais que vivemos , serviços públicos e o comodismo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ed, já não basta ser um país que não pensa em pessoas com necessidades especiais, (simples fato de não poder subir escadas) e ainda temos que lidar com situações desagradáveis como essa que passei...
      É muito doloroso, e ás vezes as forças são poucas perante tal desumanidade :(

      Eliminar
  17. um futuro "risonho" para o dito condutor!

    ResponderEliminar
  18. Ola! bom, partilho a "minha" história tambem.. e suponho que seja a mesma criatura que tratou mal a minha mae! Ha coisa de um mes,minha mae esperando pela mini bus e passa uma, ao que diz pra ir na seguinte porque estava cheia, minha mae esperou e chega a segunda..vazia! e o homem diz pra ela ir na seguinte,mas sempre andando! ja pra nao dizer que antes,uns dias,esse senhor deixou atraz uma idosa e minha mae chamou atençao,ate porque a mini bus estava vazia. e ele ainda disse: nao tenho medo, a sra que faça queixa. Ora bem,isso pra dizer, que foi mesmo isso que ela fez por escrito,nao levou uma semana e foi chamada. Ele foi levou um aperto e se voltar a ter queixas vai pra outro lado como ja aconteceu com outro... viva á eficiencia desses condutores! mini bus vazia, sem uma pessoa e ele a dizer pra ir na seguinte. pois..tinha recados a fazer, simplesmente triste

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. São coisas para as quais ficamos sem saber que pensar e dizer...

      Eliminar
  19. esse senhor não respeita os deficientes isso não se faz queria ver se fosse ele nessa situação se ele ia gostar que o tratassem da mesma maneira como ele tratou a ti isso não se faz mesmo

    ResponderEliminar